Os melhores jogos para jogar com lápis e papel

Jogo do Galo

Para passar um bom momento não é preciso gastar muito dinheiro na compra de jogos ou de consolas de última geração. Com apenas um lápis e um papel consegue passar um serão muito divertido na companhia dos seus amigos e/ou familiares. Saiba quais são os melhores jogos para jogar com lápis e papel e jogue-os em toda a parte.

1. Jogo da batalha naval

O jogo da batalha naval dispensa apresentações, uma vez que é um dos jogos de tabuleiro mais populares de sempre. Porém, independentemente de ser comercializado em tabuleiro, este jogo pode ser facilmente recriado sem ter a necessidade de gastar dinheiro, isto é, com apenas um lápis e papel.

Número de jogadores: dois jogadores.

Objetivo do jogo: derrubar os barcos do adversário. O vencedor é aquele que conseguir “afundar” os barcos do adversário em primeiro lugar.

Como jogar: deve construir numa folha uma grelha que vai ser o seu campo de jogo e uma grelha que representa o campo de jogo do adversário. O outro jogador deverá fazer exatamente o mesmo. As grelhas são quadradas e identificadas horizontalmente por números e verticalmente por letras. Na grelha de cada jogador devem ser colocados os barcos e os “tiros” do adversário. Na grelha que representa o campo do oponente, devem ser registados os “palpites/tiros” do jogador e os barcos que eventualmente foram atingidos.

Início do jogo: cada jogador deverá colocar os seus barcos nos quadrados da grelha e estes devem estar alinhados na horizontal ou vertical. Os barcos utilizados são:

  • Porta-aviões (cinco quadrados adjacentes em forma de sete)
  • Submarinos (um quadrado)
  • Barcos de 2, 3 e 4 canos (com 2, 3 e 4 quadrados respetivamente)

O número total de barcos é igual para cada jogador e os mesmos não se devem sobrepor. O jogo começa quando um jogador diz uma determinada coordenada da grelha e o adversário responde se este acertou num barco ou se o “tiro” foi parar à água. Se acertar num barco, o quadrado deverá ser assinalado com a cor vermelha; se acertar na água, o quadrado deverá ser pintado de azul.

2. Jogo da forca

O jogo da forca é um jogo bastante simples de ser jogado que vai, certamente, animar os seus serões. Trata-se de um jogo muito divertido para as crianças que se encontram em idade escolar e que já dominam algumas palavras.

Número de jogadores: dois ou mais jogadores.

Objetivo do jogo: descobrir a palavra pensada e escolhida pelo adversário.

Como jogar: O jogador encarregue de escolher a palavra deverá anunciar a categoria onde ela se insere e desenhar traços que correspondem a cada letra da palavra. O outro jogador deverá tentar adivinhar as letras que se encontram na palavra selecionada. Se acertar, a letra deve ser colocada no espaço correspondente; caso a palavra não tenha a letra indicada, deve ser desenhada uma parte do corpo de um enforcado. O vencedor do jogo é aquele que conseguir descobrir mais palavras.

3. Jogo do galo

O jogo do galo, também conhecido como jogo da velha, é um dos mais jogos mais antigos de que há memória, mas também um dos mais populares. As suas regras são muito fáceis de serem compreendidas e o jogo em si é uma ótima forma de passar o tempo.

Número de jogadores: dois jogadores.

Como jogar: basta fazer uma matriz de três linhas por três colunas. Um dos jogadores joga com o símbolo círculo e o adversário com uma cruz. Os jogadores jogam à vez marcando nos quadrados da matriz o seu símbolo. O objetivo do jogo passa por conseguir três símbolos em linha horizontal, vertical ou diagonal.

4. Jogo do stop

O jogo do stop é um game onde a rapidez e a memória são os seus melhores aliados e permite muitas horas de diversão entre amigos e/ou familiares.

Número de jogadores: dois ou mais jogadores.

Como jogar: cada jogador deve escrever numa folha as várias categorias que pretendem testar, como por exemplo, nomes, países, cidades, frutos, animais objetos, entre outros. Depois, um jogador deve dizer o abecedário em silêncio, ao passo que o outro o manda parar, ao dizer “stop”. A letra sorteada é aquela pela qual todas as categorias anteriormente definidas devem começar. Em seguida, todos os players devem preencher todas as colunas o mais rápido possível e o primeiro a terminar deve dizer novamente “stop” para ganhar vantagem sobre quem não tenha completado todos os campos.

5. Quem é quem

Este é um jogo de tabuleiro que também pode ser jogado apenas com um lápis e uma folha de papel.

Número de jogadores: dois ou mais jogadores.

Como jogar: cada jogador deve escrever num papel o nome de uma figura conhecida de todos os elementos do grupo sem que os restantes jogadores vejam. Depois, devem trocar de papéis entre si e mostrá-los aos restantes jogadores sem terem visto o seu. Por conseguinte, à vez, devem ser feitas perguntas de resposta afirmativa (sim) ou negativa (não), como por exemplo, “É uma mulher?”. O vencedor é o jogador que adivinhar a pessoa que está escrita no papel.

6. Jogo da mímica

O jogo da mímica é um game bastante divertido que pode ser jogado em qualquer local.

Número de jogadores: quatro ou mais jogadores.

Como jogar: em equipas com o mesmo número de elementos, deve escrever-se num papel o nome de um filme, de uma música ou de qualquer outra categoria para a outra equipa. Na outra equipa, deve ser nomeada uma pessoa que irá tentar em mímica que a sua equipa adivinhe a palavra que está escrita no papel. A equipa vencedora é aquela que adivinhar o maior número de palavras.

7. Jogo do desenho

O jogo do desenho é muito fácil de ser jogado e, à semelhança da mímica, pode ser jogado em equipas.

Número de jogadores: quatro ou mais jogadores.

Como jogar: as equipas devem escolher uma categoria e dentro dessa classe, o jogador deverá desenhar num papel o objeto para os seus colegas conseguirem adivinhar. A equipa vencedora é aquela que conseguir desvendar o maior número de desenhos.

8. Jogo do detetive

O jogo do detetive é o ideal para ser jogado em grandes grupos.

Número de jogadores: seis ou mais jogadores.

Como jogar: os jogadores devem estar num círculo e de frente uns para os outros. Depois, devem sortear-se papéis inscritos com a letra “A”, de assassino; letra “D”, de detetive e letra “V”, de vítimas.

O assassino deverá piscar o olho a pessoas que ele acha que receberam o papel com a inscrição “V”, de vítimas. Estes, após a receção do sinal, devem anunciar ao grupo que morreram. O jogador detetive, deverá estar assim em alerta máximo para descobrir o assassino e quando o encontrar deverá dizer “estás preso em nome da lei”. Se o detetive “apanhar” o assassino ele ganha o jogo, caso contrário vence o assassino.

9. Contar uma história

Este é um jogo com lápis e papel que proporciona muitas gargalhadas e ótimos momentos de descontração e de diversão.

Número de jogadores: dois ou mais jogadores.

Como jogar: cada jogador deve escrever uma frase num papel e dobrá-lo apenas com a última palavra a descoberto. Em seguida, o outro jogador deverá continuar a frase repetindo o mesmo procedimento. No final, o papel deve ser desdobrado e toda a história deve ser lida.

10. Jogo do sudoku

O jogo do sudoku tornou-se bastante popular em toda a parte e além de ajudar a passar o tempo, é bastante estimulante, pois a sua prática constitui um bom exercício para o cérebro humano.

Número de jogadores: um jogador.

Como jogar: o tabuleiro de jogo é um quadrado grande com nove quadrados pequenos no seu interior. O objetivo do jogo passa por preencher quadrados com números de um a nove sem que estes se repitam no quadrado pequeno e na linha e coluna do quadrado grande.

Votação: